segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Call of Cthulhu é o único RPG em que...

Os jogadores que possuem a sexta edição do Livro Básico de Call of Cthulhu devem estar familiarizados com esses quadrinhos.

Eles foram originalmente publicados na revista Space/Fantasy Gamer, escritos por Richard Fichera e ilustrados por Tm Callender.

Cada quadrinho fala de uma "peculiaridade" do RPG Call of Cthulhu.



Call of Cthulhu é o único RPG em que...

...o mestre diz, "vocês vêem uma grande caverna adiante", e os personagens respondem "Eu acho que ouvi minha mãe chamando".
... o Mestre coloca uma miniatura do monstro encontrado na mesa e os jogadores não fazem a mínima idéia do que é aquilo.

... as habilidades de combate são as mais fracas da ficha dos personagens.

... os personagens mais experientes são aqueles que conseguem se mover mais rapidamente.

... o maior tesouro da aventura é um livro velho que elimina seu personagem só de olhar para os desenhos.

... não há ladrões no grupo (por profissão ou por vocação)
... o grupo aprende a magia "Invocar um Andarilho Dimensional", mesmo sem saber o que é um Andarilho Dimensional.

... o grupo invoca um Andarilho Dimensional antes de descobrir que é necessário aprender uma segunda magia para controlar a entidade.

... o grupo aprende as magias de Invocação e Controle do Andarilho Dimensional, mas o sujeito capaz de lançar as magias acaba enlouquecendo depois da invocação e está muito biruta para lançar a magia de controle.



... membros do grupo preferem ser voluntários a se atirar sobre uma granada, antes de testar um objeto mágico recém encontrado.



... na metade da aventura, os personagens começam a considerar a possibilidade de mudar suas carreiras - para atendente de lanchonete ou vendedores de enciclopédia.


... o grupo decide enviar um "voluntário" na frente e aguarda pelo sinal previamente combinado - um grito.

... assim que se ouve o grito, eles decidem que essa deve ser a direção errada.
Como dizem, é engraçado por que é verdade.

Um comentário:

  1. Huahuhauhaua, ótimo, nunca fui fã de Rpg, só jogo mesmo Lobisomem: O Apocalipse, no jogo mesmo tem muitas coisas inspiradas nas obras de Lovecraft, até alguns livros tem sitações dele. Mesmo assim adoraria jogar um desses jogos de Lovecraft.

    ResponderExcluir