segunda-feira, 25 de julho de 2011

RioFan 2011 - Exibição do filme Um sussurro nas trevas

Nessa semana que passou o Rio de Janeiro se transformou na capital brasileira dos filmes de Fantasia e Horror.

O RioFan 2011 reuniu o que há de melhor no cinema fantástico e brindou os espectadores com sete dias de horror, sangue, risos e sustos. Títulos como "Aterrorizada" (The Ward), trabalho mais recente do diretor John Carpenter, "Balada do Amor e do Ódio" (Balada Triste de Trompeta), imperdível filme espanhol sobre um palhaço que se torna um assassino, "Cropsey", documentário barra pesada sobre uma famosa lenda urbana, "A Porta" (Die Tür) filme alemão fantástico, "Pequenas Mortes" (Little Deaths) e "A Mulher" (The Woman), filmes extremamente provocativos pela crueza das cenas violentas e "A Noite do Chupacabras", exemplar de terror brazuca da mesma equipe que fez Mangue Negro.

Pretendo depois escrever a respeito de alguns desses filmes~, vários deles me deram idéias bem sinistras.

O encerramento do Festival foi ontem, dia 24 de Julho, em grande estilo com o filme "Um Sussurro nas Trevas" (The Whisperer in Darkness) de Sean Branney, inspirada na obra de mesmo nome de H.P. Lovecraft (A resenha está aqui no Mundo Tentacular).

O filme produzidopela HPL Historical Society foi apresentado pela primeira vez no Brasil e foi uma grande chance de ver aquele que na minha opinião (e de muitos que o assistiram!) o melhor filme baseado num conto de Lovecraft.

Aproveitei para tirar algumas fotos do antes e depois da disputada sessão que lotou rapidamente.

O disputado ingresso para a sessão.

Pouco antes de abrir as portas, o público espera para entrar na sala.

Aguardando ansiosamente para assistir "Um Sussurro nas Trevas" na tela grande.

Pouco antes da luz ser apagada.

Paulo Jr um dos programadores do RioFan 2011 (e um dos responsáveis por colocar o filme na exibição) faz uma pequena introdução antes do início da sessão.

Após a apresentação era consenso geral o fato de que "Sussurro" é a melhor transição de um conto escrito por Lovecraft para o cinema. Que venham outras!

E uma foto final na saída da Caixa Cultural ao lado do banner do evento.

Foi um grande festival! Mas é preciso comentar um acontecimento desagradável. O controverso filme "A Serbian Film - Terror sem Limites" não pôde ser apresentado na mostra. O filme seria exibido em outro cinema próximo, mas um dia antes foi apreendido por um Oficial de Justiça.

Sinceramente, eu não ia assistir (não é o meu tipo de filme), mas essas coisas abrem um perigoso precedente para que obras controversas sejam vetadas e o público privado de avaliar por conta própria seu conteúdo.

3 comentários:

  1. Cara Sussurro nas Trevas foi o ponto alto da noite, mas o filme antes também foi uma pérola, Comandante Treholt e sua Tropa de Ninjas, ninjas Noruegueses com seu acampamento protegido por Feng Shui, deu câimbra abdominal de tanto rir! :-)

    ResponderExcluir
  2. Nem me lembre...

    Prefiro lembrar dos Mi-Go do que do Escudo de Feng Shui.

    ResponderExcluir
  3. É, os Mi-Go ficaram tão bons quanto as paredes da "caverna de papelão"... hehehe

    Mas o filme é definitivamente muito bom.

    ResponderExcluir