quarta-feira, 16 de agosto de 2017

O Monstro Zygote - História e Estatísticas de uma Abominação


E como não poderia deixar de ser, que tal adaptar o monstro do curta metragem Zygote?

Eu dei uma pesquisada a respeito da ideia do roteirista a respeito da criatura e adorei a noção de como essa aberração teria surgido. A história que não é apresentado no curta, é perfeita por tratar de horror, invasão e infecção de origem alienígena, temas que podem ser facilmente inseridos na maioria dos RPG.

Segundo o roteiro, a história é a seguinte:

A partir de 2037 uma concentração maciça de asteroides começa a atingir a Terra. 

Milhares de pedras vindas do espaço se chocam contra o planeta sendo que a maior parte delas cai no Ártico, em especial sobre Canadá e Rússia. Essas rochas espaciais carregam semicondutores únicos e materiais com os quais a humanidade não está familiarizada e que incluem elementos químicos até então desconhecidos. 

Para resgatar esses minérios extremamente raros e valiosos, algumas empresas mineradoras disputam concessões e o direito de se instalar no Ártico. Seu objetivo é extrair os minérios, refiná-los e estudar sua propriedades em busca de utilização prática nos mais variados setores industriais. Eles contratam mão de obra qualificada, mas ganham o direito de clonar operários para desempenhar funções braçais.

Infelizmente, nem tudo que vem das regiões mais distantes do universo é algo benigno para o ser humano. 

No interior de um desses asteroides encontrados pela Corporação Mineradora Cerberus encontra-se um elemento alienígena consciente. O asteroide em que ele vagava à esmo pelo espaço sabe-se lá à quantos bilhões de anos, esperava apenas a oportunidade de atingir um planeta habitado por seres inteligentes. Uma vez aberto, o elemento alienígena literalmente se acende na forma de uma luz branca capaz de transmitir informações diretamente no córtex cerebral de formas de vida minimamente inteligentes. 

A luz "ensina" a construir um substrato biológico na qual a forma de vida alienígena poderá se estabelecer. Essencialmente, o alienígena deseja que um corpo físico seja construído para que ele possa ocupá-lo. Uma vez passando essa informação para a mente de seres inteligentes, estes se tornam obsessivos a respeito da construção do simulacro biológico e passam a trabalhar exaustivamente na sua criação fazendo testes em formas de vida rudimentares, a medida que progridem e aperfeiçoam seus métodos. O resultado é a criação de uma forma de vida que utiliza partes biológicas prospectadas de diversas fontes - o Zygote.

O termo zigoto se refere a célula resultante da união do gameta masculino e feminino em estágio anterior ao da divisão celular. De fato, a criatura utiliza pedaços de seres vivos para compor seu corpo e não se divide após essa gênese bizarra, ao invés disso, ela pode continuar assimilando matéria prima e aumentando sua massa exponencialmente. O objetivo desses seres alienígenas parece ser assimilar toda forma de vida orgânica à sua volta, convertendo-se assim na única forma de vida existente. Se essa presunção for verdadeira, essa forma de vida alienígena constitui uma ameaça em escala planetária e o resultado de uma infecção em larga escala não pode ser sequer quantificado.

ZYGOTE PARA CALL OF CTHULHU 7TH


Estágio Incorpóreo Luminoso

A forma original que dá origem ao Zygote é uma criatura etérea e insubstancial. Ela pode ser percebida pelos sentidos humanos como uma luminosidade branca que surge de dentro de rochas espaciais que se precipitam em nossa atmosfera.

A origem dessas criaturas é obscura e possivelmente permanecerá um mistério indecifrável visto que os asteróides por elas habitados viajam pelo cosmos há bilhões de anos. Imortais pelo tempo essas entidades aparentemente se mantém em estado de hibernação até captarem a presença de seres inteligentes por emanações telepáticas.

Uma vez sentindo a presença de seres inteligentes qualificados, a criatura transmite uma quantidade assombrosa de informações para dentro do córtex cerebral dos indivíduos. Essa "infecção mental" introduz na mente do indivíduo informações relativas a construção de um simulacro biológico em que a criatura etérea poderá habitar. O ato de transmitir as informações é uma espécie de ataque mental da qual nem todas as vítimas conseguem se recuperar. O ataque demanda apenas alguns segundos de exposição a luminosidade. Em termos de jogo, a entidade e a vítima sendo atacada devem fazer um teste de disputa de INTeligência. Aquele que for mais bem sucedido prevalece.

Se a forma alienígena vence a disputa as informações são inseridas na mente da vítima. A descarga de informações sobrecarrega a mente humana e esta simplesmente "apaga"  por 1d10 +14 horas. Nesse período as informações plantadas vão sendo processadas. Ao despertar, o indivíduo experimenta alguns momentos de confusão, mas lentamente começa a formular um planejamento para colocar as informações recebidas em prática. Utilizando a memória do indivíduo, a forma de vida busca por recursos que possam ser utilizados para construir um corpo biológico para o qual ela possa ser transplantada. Não importa o nível de tecnologia disponível, a entidade alienígena estabelece os meios através do qual a matéria prima presente poderá ser empregada da maneira mais eficiente para atingir seu objetivo. isso significa dizer que após despertar de sua sobrecarga, o indivíduo começa a planejar a construção do simulacro usando o que tiver à mão. 

O indivíduo infectado também é capaz de transmitir as informações a outros indivíduos fazendo seus olhos emitirem a luminosidade branca, contaminando assim outros de sua espécie para auxiliá-lo na tarefa que tem pela frente.

Indivíduos que resistem ao fluxo de informações lançadas em sua mente no teste de disputa conseguem sobrepujar a infecção mental. Sua mente, no entanto, se desliga por 1d4 horas em face do grande stress sentido, o que acarreta a perda de 1d10 pontos de sanidade decorrentes do contato com uma forma de vida absolutamente alienígena. Algumas pessoas simplesmente não suportam a experiência e preferem cegar os próprios olhos para não correr o risco de uma nova exposição.


ZYGOTE, Estágio incorpóreo luminoso

FORça                   10
CONstituição       N/A
TAManho              20
DEStreza               50
INTeligencia         80
PODer                  100

HP: N/A

Bônus de Dano: N/A
Build: 0
Pontos de Magia: 20

ATAQUES:

Ataques por rodada: 1

No estágio incorpóreo a entidade alienígena ataca tentando infectar formas de vida conscientes que ela tenha identificado. O brilho atinge todas as pessoas capazes de vê-lo por pelo menos dez segundos. Estes precisam fazer uma disputa de INT contra a entidade. Os resultados estão descritos acima.

Infecção Mental: Informações sobre a construção do Simulacro são inseridas na Mente do indivíduo. Não há cura para essa condição mental que funciona como uma obsessão.

Armadura: Nenhuma, contudo a entidade é imune a ataques físicos. Sujeito a efeitos de magia ou pulsos eletromagnéticos que a enfraquecem.

Sanidade: 0/1d4 por ver a luz emanando sem origem determinada. Ser atacado pela infecção mental 1/1d10.

Simulacro de Carne

O Simulacro de Carne, também conhecido como Monstro Zygote, é o resultado dos esforços para a construção de um organismo biológico capaz de hospedar a entidade alienígena. O monstro visto na estação Cerberus no Círculo Ártico assimilou um total de 96 espécimes humanos para atingir a sua forma e massa. Tecnicamente, não existe um limite de crescimento do Zygote. Enquanto existir matéria prima disponível para ser acrescida à sua massa ele continuará crescendo até atingir dimensões surpreendentes.

Para conveniência em termos de jogo, as fichas a seguir são para a criatura no estágio visto no filme (96 espécimes) e para uma entidade ainda maior que assimilou um total de 1000 indivíduos. Conforme salientado, a criatura parece perfeitamente capaz de continuar assimilando espécimes humanos sem um fator limitador.


ZYGOTE, Horror Biológico (96 indivíduos humanos assimilados)

FORça                 155 
CONstituição      130
TAManho            150
DEStreza               80
INTeligencia         80
PODer                  100

HP: 60

Bônus de Dano: +3d6
Build: +4
Pontos de Magia: 20

ATAQUES:

O Monstro Zygote é uma máquina implacável de morte e destruição. Seu objetivo único é garantir sua sobrevivência e prosseguir assimilando criaturas para aumentar a massa corpórea. Cada espécime assimilado à massa a partir desse ponto acrescenta 3 HP. Fisicamente o Zygote ataca se valendo da sua força bruta para agarrar e esmagar oponentes, em seguida, ele assimila suas vítimas simplesmente combinando a carcaça ao seu corpo. Substâncias específicas secretadas pela abominação na forma de suor servem como uma espécie de cola que funde a carne em uma única massa. O processo não leva mais do que alguns minutos.

Ataques por rodada: 2

O Zygote desfere dois ataques por rodada. O primeiro visa esmagar o alvo sob seu enorme peso. O segundo ataque utiliza as incontáveis mãos para agarrar e restringir.

Esmagamento 45%, dano 2d6 +db

Lutar 50%

Agarrar (manobra), dano 1d6 + db, indivíduos restringidos pelas dezenas de mãos sofrem dano por arranhões, esmagamento e contusão.

Habilidades: Spot Hidden 65%, Ouvir 60%, Assimilar 95%

Armadura: Nenhuma, mas ele regenera 10 HP por rodada. Fogo e radiação produzem dano normal.

Sanidade: 1d3/1d10 pontos de sanidade por ver o Monstro Zygote


4 comentários:

  1. Se não me engano o monstro também absorve as memórias das vítimas e ele usou um apêndice para atingir o cérebro do personagem do curta...seriam mais duas habilidades a se destacar.

    ResponderExcluir
  2. Criatura perturbadora. A série é excelente, tomara que o projeto seja um sucesso e venham mais produções do Oats Studios nesse nível!

    "Zygote" me fez lembrar da cena do monstro no corredor no primeiro "Hellraiser".

    ResponderExcluir
  3. poderia fazer as estatisticas pra rastro de cthulhu tambem

    ResponderExcluir
  4. Sensacional! Vou aplicar esse monstro na minha próxima campanha

    ResponderExcluir