sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Automóveis nos anos 20-30

Em 1920, veículos automotivos ainda buscavam seu lugar na sociedade, não apenas nos Estados Unidos mas no mundo inteiro.

Gradualmente, os animais de tração eram substituídos pelos veículos de passageiros, as famílias adquiriam seus primeiros automóveis, estradas ligavam as cidades e aos poucos o panorama mudava com o som de buzinas e o odor da fumaça de gasogênio.

Call of Cthulhu em sua era clássica permite que os personagens participem dessa geração que conheceu os primórdios da Indústria Automobilística que mudou o mundo.

Sempre achei esse detalhe um tanto menosprezado na biografia do jogo, afinal tudo o que temos é uma pequena nota de rodapé a respeito de alguns dos veículos mais populares na época. Parece faltar alguma coisa, que tal então alguns detalhes, imagens e informações para que seus investigadores possam combater os Mythos de Cthulhu sobre rodas?

Um pouco de História

O rápido crescimento da Indústria Automobilística na virada do século foi liderada por Henry Ford e a Ford Motors Company que permitiu a construção de novos e melhores modelos de veículos a cada ano, satisfazendo a demanda de um público cada vez mais ávido por novidades. Ford introduziu ideias revolucionárias para a produção em massa de veículos automotivos o que reduziu custos e barateou o preço de cada veículo. Planos de pagamento permitiam que qualquer família de classe média pudesse comprar seu carro mediante suaves prestações. Foi o primeiro BOOM, logo após a Grande Guerra.

Estradas e ruas desenhadas para o transporte de cavalo e carruagens começaram a se deteriorar com o crescente tráfego de carros. Em 1906 o governo dos EUA instituiu que os proprietários de automóveis pagassem impostos pela circulação de veículos. Essas taxas foram usadas para a modernização e construção das primeiras estradas mais largas e com calçamento.

Regras de trânsito foram instituídas em 1910, o que incluiu as primeiras placas de sinalização e os semáforos que foram colocados nas áreas mais densamente povoadas. O primeiro código de trânsito e conduta para motoristas foram apresentados na Pennsilvania em 1916.

Os automóveis dos anos 20 funcionavam com uma combinação de gasolina menos densa e volátil. O gasogênio podia ser adquirido em postos de combustível e lojas de conveniência distribuídas ao longo das estradas. O crescimento da Indústria foi acompanhado por um crescimento no número de postos de serviços e garagens de reparos.

O automóvel permitia que as pessoas viajassem mais, a trabalho ou de férias transpondo distâncias que normalmente não seriam possíveis a pé ou a cavalo. Viagens de carro eram muito populares, mas os motoristas tinham de planejar cuidadosamente seu roteiro. Guias como o Michelin e o Guide Routes datam de 1921, e além de trazer mapas, mostravam onde o motorista podia reabastecer. Estacionamentos de Turistas, os precursores dos Motéis de beira de estrada surgiram na mesma época para suprir as necessidades dos viajantes.

Companhias de carros proliferaram - desde o modelo mais popular e barato, o Ford T até os Duesenberg e Rolls Royce, de longe o mais luxuoso veículo da época. A maioria dessas companhias não sobreviveu aos dias atuais ou acabaram se fundindo com outras companhias, mas muitos nomes são familiares para os amantes de carros: Buick, Chevrolet, Dodge, Fiat, Ford, Lincoln, Oldsmobile chegaram aos dias de hoje. Outros como Auburn, Cole, Crow, Davis, Dixie, Durant, Elcar, Grant, King, Kline, Lafayette, Kurtz, Marmon, Mercer, Overland, Peerless, Pilot, Roamer, Saxon, Stearns, Velie, Wescott e Winton figuram apenas em coleções.

Algumas curiosidades

- Carteiras de Motoristas surgiram nos Estados Unidos em 1918 e passaram a ser obrigatórias junto com a habilitação e documentos do veículo. Policiais podiam recolher veículos para averiguação em caso de suspeita. As multas passaram a vigorar a partir de 1923, com a introdução de outro elemento, a placa de identificação.

- A principal transgressão na América nos anos 20 era estacionamento em local proibido. Seguido é claro do avanço de sinais e da alta velocidade em vias públicas.

- Cintos de segurança só foram introduzidos em meados da década de 30, não era obrigatório possuir esse dispositivo de segurança no automóvel. Curiosamente era obrigatório que os carros fossem equipados com caixas de ferramentas e estepes. Limpadores de para-brisa são invenções dos anos 20. As buzinas surgiram junto com os primeiros modelos de automóveis. Já os rádios foram introduzidos no final da década de 30.

- As mulheres acompanharam a evolução dos automóveis de perto. Não se sabe ao certo quem foi a primeira motorista oficialmente licenciada, contudo o uso de veículos por mulheres cresceu bastante nos anos do pós-guerra.

- As manivelas para acionamento do motor eram comuns até meados de 1915, a partir de então os carros começaram a ser produzidos com um mecanismos de acionamento manual elétrico.

3 comentários:

  1. 23/10/2014


    Comprando? Vendendo? Visite nosso portal www.autoshoppingbr.com.br e faça ótimos negócios !!!
    Volkswagen Ford Chevrolet Fiat

    www.autoshoppingbr.com.br

    ResponderExcluir